segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

O verão chegou...


Verão é uma estação mais quente das 4 estações.
Esses dias são mais longos com muito calor e temperatura altissíma.

Esse período aumenta a vontade de sair...
Eu moro na praia, ficam cheia de pessoas...até durante a noite.

Muitas pessoas curtem as suas férias...E claro que maioria aproveitam o seu tempo nas praias.

E agora, o que comer na praia?

Então nessa época os atrativos aumentam nesse período com sorvetes, caldo de cana, sucos, porções, água de coco, milho cozido e outras tentações.

Mas também para aproveitar esses dias, a verdade tem que tomar cuidado porque o calor muito grande precisar analisar as condições dos alimentos.

Algumas dicas são interessantes seguir você dever ver a qualidade dos alimentos, devemos está mais alertas. Porque devemos observar condições da higiene, os aspectos, cor, odor das comidinhas que são vendidas nas barracas da praia, antes de consumir.

Veja também se o local utiliza tudo descartáveis.

No verão como é bom tomar uma caipirinhas, sucos, raspadinhas, batidas na praia. Mas toma cuidado com o gelo, porque as vezes algumas barracas utilizam o gelo em barra, não deve ser utilizado porque o congelamento não mata as bactérias e nunca utilizam água potável para preparar essas barras.

Veja uma receita ótima pra o verão e oxidante, porque não podemos esquecer de manter a silhueta nessa férias.

Drink Tropical

Ingredientes:

200ml de água de coco
1 copo de suco de abacaxi natural
1/2 copo de chá verde
5 folhas de hortelã
Quanto baste de açúcar ou adoçante

Modo de preparo:
Bata no liquidificador primeiro o suco de abacaxi com a água de coco. Coe e depois bata de novo com o chá verde, o hortelã, o adoçante e bastante gelo. Sirva a seguir.

Sabe na praia os campeões e o carro-chefe, portanto são os deliciosos frutos do mar, camarão. ostras e seus derivados. Eles são aperitivos mais procurado. Porém devemos aumentar o dobro de cuidado, pois essas iguarias podem ser tornar um grande vilão e até perigoso no verão. Veja se estão fresquinho, não podem estar meio pastoso e nem grudento. E também analisa muito o cheiro.

Outra receitinha pra fazer em casa: Crepe salgado de camarão com escarola

Ingredientes:

Massa

- 2 xícaras de farinha de trigo
- 1 xícara de leite desnatado
- 1 ovo
- 2 colheres de sopa de azeite para untar
- Sal a gosto

Recheio


- 1 limão
- 2 colheres de sopa e azeite
- 200g de camarão cinza
- 1 cebola
- 2 dentes de alho
- 5 folhas de escarola
- 100g de ricota
- 1 colher de sopa de salsinha
- 1 colher de sopa de manjericão
- 1 colher de sopa de alecrim
- 1 tomate
- Sal e pimenta branca a gosto

Modo de preparo:

Massa

Bata no liquidificador o leite, a farinha e o sal, deixe descansar por 15 minutos. Unte a frigideira com o azeite e frite porções da massa (1 concha pequena). Vire para que frite por igual dos dois lados.

Recheio


Corte a cebola e o alho. Limpe os camarões, coloque o limão, sal e a pimenta, deixe na geladeira por 15 minutos. Em seguida tempere a ricota com as ervas, sal e pimenta. Reserve. Numa frigideira frite o alho no azeite, depois acrescente a cebola, tomate picado e a escarola. Refogue bem. Depois acrescente o camarão e deixe por alguns minutos. Em seguida retire do fogo e misture com a ricota e recheie o crepe.

Mas não esqueça de aproveitar comer o pastel, apenas verifique se o óleo velho e esteja limpo. Porque se estiver escuro, peça sempre para trocar.

Sanduíche natural também muito gostoso para desgustar, mas sempre utilizam maionese, isso no verão perigo porque correr risco de está contaminada, então os sanduíche sempre devem esta em uma caixa de isopor e com gelo.

Então curte esse verão, porque uma estação com clima de alegria no ar, férias, mar, praia e o sol.

Mas se alimente muito bem e aproveite as tendências gastronômicas nesse período e aprecie também Roll, Wraps. Smothie, milk shake, sorvetes uma boa opção nesse calor.

Comer bem também é uma arte, também uma eterna e mágica transformação. Aproveite as suas férias de verão. Logo outras receitas para essa estação maravilhosa.


sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Sabor do Campo


Olá pessoal! Sabe fiquei dias refletindo para escrever aqui no blog.
Não quero comentar e nem dar receitas para as festas de final de ano. Chega né!!! Vocês terão muita opções...rsrsrs
A verdade lembrei das férias da minha infância. Uma parte da família da minha mãe mora no interior de São Paulo. Sempre iamos passar as férias de verão no campo. Talvez porque moramos na praia, sempre fugimos para o mato.
Então desde pequena adoro comer milho cozido e também adorava quando estava no interior porque sempre comi muito gulosemas com milho. Ai Bom demais! Saudades!!!

Minha avó e como minha mãe são cozinheiras natas e também desde de crianças na cozinha.
Talvez eu tenha herdado esse tesouro, admiro muito elas e como sempre adorei tudo que tem milho. Tinha momento que era engraçado tinha suco de milho, bolo de milho, pamonha, curau, sorvete de milho, purê de milho e tudo mais de milho....(risos)

Detalhe o milho verde é grande fonte de energia por conter alto teor de carboidratos, além de
possuir quantidades consideráveis de vitaminas B1 e E e sais minerais.

Sinceramente adorava me sentia no paraíso do milho... Então agora que já fiz uma viagem pro passado! Segue umas receitas das minha avózinha e minha mami...Prestigie e Mande comentários sobre as receitas. Boas festas...

Bolo de Milho Verde da Vovó

Ingredientes:

250 g de manteiga
6 ovos
2 xícara de açúcar
2 latas de milho verde ou 600 g de milho cozido
2 xícara de chá de fubá
2 vidros de leite de coco
50 g de coco ralado
2 colheres de sopa de fermento em pó

Modo de preparo:

Bate tudo no liquidificador o milho verde ( escorrido) com o leite de coco e depois mistura os demais ingredientes. Asse no forno médio por 35 min a 40 min.


Curau Cléo ( minha mami)

Ingredientes:

6 espigas de milho verde
2 1/2 xícaras chá de leite
1/2 xícara de chá de leite de coco
1 pitada de sal
1 colher de manteiga
1 lata de leite condensado
Quanto baste de canela em pó

Modo de preparo:

Rale as espigas de milho ou corte os grãos, limpando bem os sabugos. Bata-os
no liquidificador com parte do leite. Passe pela peneira, juntando o restante do leite, aproveitamento bem o milho. Junte o sal e a manteiga, o leite de coco. Leve ao fogo mexendo sempre, até obter um creme grosso. Depois acrescente o leite condensado e mexa por mais 5 minutos. Coloque numa travessa, polvilhe canela e sirva quente ou frio.


Creme de milho verde

Ingredientes:

1 cebola pequena
1 colher de sopa de manteiga
1 lata de milho verde
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 lata de creme de leite
quanto baste de sal
quanto baste de pimenta do reino
quanto baste de cheiro verde

Modo de preparo:

Refogue a cebola na manteiga e junte 1/2 xícara chá dde grãos de milho.
Bata o restante no liquidificador juntamente com a água da lata e passe por uma peneira, para retirar as pelinhas. Misture as farinhas, o creme de leite, a pimenta e o sal.
Despeje na panela e mexa até obter a consistência de creme. Junte o cheiro verde e sirva quente.


Croquete de Milho

Ingredientes:

4 a 5 espigas ou 1 lata de milho de verde
1 cebola ralada
1 colher de sopa de manteiga
3 tomates batidos no liquidificador
1 tablete de caldo de legumes
2 xícara de chá de farinha de trigo
1 1/2 xícara de chá de leite
Quanto baste cebolinha
Quanto baste de manjericão
2 ovos
Quanto baste de Farinha de rosca
Quanto baste queijo parmesão ralado

Modo de preparo:

Bata o milho no liquidificador. Refogue a cebola na manteiga, junte os tomates batidos, o milho e caldo e deixe no fogo baixo, mexe sempre,até formar um creme. Acrescente o leite e farinha sempre misturando. Desligue o fogo adicione a cebolinha, o manjericão. Em seguida forme os croquete passe no ovo. Mistura farinha de rosca com o parmesão e passe no croquete.


Pudim de milho verde

Ingredientes:

7 espigas
3 xícaras chá de leite
1 lata de creme de leite
2 ovos

Modo de preparo:

Corte os grãos de 7 espigas cruas de milho verde e bata-os no liquidificador com 3 xícaras chá de leite. Coe numa peneira. Acrescente 1 lata de leite condensado, 2 ovos e bata por mais alguns minutos. Despeje em forma caramelizada e cozinhe em banho-maria, por 30 minutos.
Depois desenforme depois de frio.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Tapioca! Iguaria tipicamente brasileira

Guloseimas urbanas existem diversos adoradores dessas iguarias, mas encontramos o público que não suporta e ainda causa problemas. Tem lugares e países que a proibição e atividade foi criticada desses ambulantes.
Na verdade a modernidade de um pouco de culpa, porque vivemos nessa correria e sem tempo pra nada.
Portanto sempre sentimos fome e pressa a vontade devorar pastéis, acarajés, sorvetes, hot-dogs, cocadas, lista é enorme.
Mas quero comentar um pouquinho sobre a iguaria bem brasileiras e indígena. Velha e maravilhosa Tapioca, como é bom comer essa delícia na rua!!! Hummmm adoro...

Tapioca ou também conhecida como beiju ( tem lugares que pode ser chamada de biju) é nome dessa iguaria urbana, brasileira e ainda de origem indígena. Sem comentários!!! Então a tapioca é feita com a fécula da mandioca,ou na verdade, com goma de tapioca, polvilho, goma seca, polvilho doce.
A tapioca era o alimento básico dos índios brasileiros e ainda faz parte do cardápio dos brasileiros. Mais tarde, os colonizadores portugueses descobriram que a tapioca servia como bom substituto para o pão. ( Fonte : http://pt.wikipedia.org/wiki/Tapioca)
Chega de história segue uma receitinha minha:
Tapioca com Escondidinho Gourmet
Tapioca
Ingredientes:
1/2 kg de polvilho doce (fécula de mandioca )
Quanto baste de água o suficiente para cobrir
Quanto baste de Sal
Modo de preparo:
Adicione o polvilho doce numa tigela e acrescente água até cobrir. Tem que ficar pelo menos dois dedos acima da massa. Deixe até o dia seguinte de repouso, pois precisa dissolver bem. Em seguida seque com ajuda de um pano limpo precisa tirar o excesso de água. Esfarele essa massa com as mãos. Depois precisa passar numa peneira e adicione um pouco de sal.
Aqueça uma frigideira anti-aderente, espalhe a farinha e modele a tapioca como uma panqueca ou crepe no centro da frigideira. O ideal da tapioca é desgrudar no fundo da frigideira, vire-a por alguns segundos e estará pronta. A massa tem que secar na frigideira, não fritar.
Dica: O segredo é deixar a frigideira ficar bem quente antes de colocar a massa..Não pode deixe escurecer e nem endurecer.
Escondidinho:

Ingredientes:
1/2 kg de purê de mandioquinha com manjericão
1/2 kg de carne seca desfiada
200 g de catupiry
Quanto baste de queijo parmesão ralado
Modo de preparo:
Adicione o purê de mandioquinha. Em seguida salpique a carne seca e adicione catupiry e queijo parmesão se quiser ou tiver poder utilizar o maçarico. E assim dar uma leve gratinada.
Bon Apetite!!
Chef Dressa Dias